Momento Caixa: ddung e bong-gu

Depois de um tempão de espera, meu casal gordinho chegou. Acontece que eu estou esperando alguns pacotes que estão chegando aos poucos, mas essa semana eles resolveram chegar todos juntos. Eu não posso ficar o dia todo em casa somente esperando o carteiro ou a DHL passar. Enquanto eu estava na aula, o carteiro veio e, como não tinha ninguém em casa, ele deixou os avisos na caixa de correio, informando que eu deveria retirar minha encomenda no posto determinado, só no dia seguinte. Isso aconteceu várias vezes durante a semana, mas eu pirei quando não havia nenhum bilhete de retirada de pacote, mas sim, uma carta do escritório responsável pelas questões aduaneiras!

Ok, respira, respira! Só podia ser meu casalzinho, porque é o único pacote que viria de fora, lá da Coréia do Sul. Aí eu fui traduzir a carta e tinha aquele negócio de sempre: levar a carta da alfândega, o comprovante de pagamento do produto e a grana da fiança. Lá vem a facada alemã!
Apresento-lhes Eddie e Tigrou. :D Meu Winter Couple
Aí, na sexta-feira, fui eu, com o rabinho entre as pernas, buscar um pacote no correio (pela terceira vez na semana, já que não estava em casa pra receber) e procurar o bendito escritório pra salvar meu pequenos das garras do inimigo.
Na sexta-feira, como todo e qualquer lugar (menos os bares) daqui, o escritório aduaneiro fecha mais cedo. Aí a gente (Harry estava comigo) saiu desembestado pra encontrar o lugar. Chegando lá, foi outra complicação achar a sala, pois o prédio é grande e cada salinha de lá cuida de uma coisa diferente.

Achamos a sala, entramos e alguém veio nos receber. Eu entreguei o papel que eles mandaram pra mim com a informações do meu pacote. O homem foi buscar minha caixa (linda e grande, OMG!) e perguntou o que tinha lá dentro. Eu peguei o papel com o anúncio do ebay, mostrei e ele deu um sorrisinho. Eu pensei em encrespar e perguntar qual era o problema, se era por causa da boneca, mas ele podia aumentar minha taxa só pelo desacato, se é que tem isso por aqui, né?

Mas aí o fulano fez assim: "aqui tá o seu pacote, tenha um bom dia!". O que eu fiz? Eu olhei pra cara dele e pisquei, ele continuou olhando pra mim: "é só isso? Eu não preciso pagar nada?". Certo, isso foi super idiota. Eu devia ter segurado a caixa com todas as minhas forças e saído correndo dali sem nem dizer tchau, mas foi inacreditável! Quantas bonequeiras que já foram dispensadas assim, na cara dura, das malditas taxas? Eu não conheço nem meia!

Pra completar, ele disse que não. Aí foi a minha vez de sorrir e, uma vez lá fora, Harry disse a melhor frase da semana:
Bem, não quando ela começa a taxar violinos de instrumentistas extremamente talentosos.
Depois dessa novela toda, eu realmente não queria ir pra casa apenas. Estava fazendo Sol apesar do frio desgraçado lá fora. Aí eu convidei Harry pra tomar um café e fazer um momento caixa lá fora, em um lugar mais descontraído. E agora vocês podem ver as fotos de como foi e do lugar. A cafeteria (que eu não sei o nome), fica na Mensa (restaurante universitário) mais perto do prédio de Geografia. Já tinha ido lá uma vez, na primeira semana que cheguei aqui, mas, na época, eu não tinha câmera. Espero que gostem.


Caixa mais linda!




Sobre as dolls, bem, eu achei que seriam menores. Me assustei com o tamanho da caixa. A cabeça deles é do tamanho de cabeça de pullip, mas eles batem na cintura delas, eu acho. Mas também são perfeitas na fofura e têm cheirinho de bebê da Turma da Mônica. Depois tiro mais fotos deles e posto aqui. ^^'

Beijos, Delta Out!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Que lindo! Porque que aqui no Brasil nunca encontramos coisinhas assim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso me irrita bastante. Além do mais, nem prduzem bonecos assim no Brasil e cobram quando a gente importa. u.u

      Excluir

Fique à vontade pra comentar. Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir a visita. (: