Pra quem gosta de fotografia

Desde que comprei a minha câmera semi-profissional, fotografia virou um pequeno desafio. Agora, não é apenas apertar um botão e nem vale dizer que qualquer um consegue fazer fotos incríveis com um máquina melhor, porque não é verdade e digo isso por experiência própria.

A minha câmera é uma Canon 1100D que vem também uma lente. A minha é uma EFS 18-55mm. Sabe o que é mais chato nisso tudo? É que eu nem sei o que isso significa e, enquanto eu não pegar o manual para ler, eu jamais vou conseguir aproveitá-la ao máximo.

Mas, nesse meio tempo, uma coisa eu já aprendi. Existe uma coisinha dentro dessas máquinas chamada sensor e que é uma parte muito sensível e delicada da máquina. Também é essa pecinha que, se ficar suja, é uma novela para limpar e as fotos vão ficar manchadas. E não importa o quão cuidadoso se pode ser com uma câmera, entra poeira de todo jeito.


As fotos da minha máquina ainda não saíram prejudicadas por conta de sujeira, mas as de Harry, sim. Ele estava revisando umas imagens da nossa visita à Hamburgo e vimos que, de um certo ponto em diante, as fotos tinham uma mancha escura no topo esquerdo. Era uma coisa sutil, mas aparecia! Ele limpou a lente diversas vezes e nada. Harry começou a ficar preocupado, achando que a máquina estava com defeito.
Essa é uma das fotos que está mais visível.
Eu comentei com ele que não tinha cara de defeito, parecia mais um cabelinho quando você afasta da luz e ele é projetado super grosso e desfocado na parede. Dito e feito! Ele procurou na web sobre isso e descobriu que era o sensor que estava sujo e que, às vezes, podia crescer até fungo lá dentro, se fosse exposto à umidade.

Eu tinha lembrado que vi em algum lugar que a limpeza do sensor é algo muito complicada e é recomendado que seja feita pela assistência técnica, mas Harry conseguiu achar uma solução muito mais prática e econômica: a bombinha de ar!

Esse aparato de forma estranha é utilizada apenas por pessoas cuidadosas que sabem manejar coisas muito complicadas e...MENTIRA! A única coisa que você deve fazer é achar o modo de limpeza da câmera, que abrirá a região do sensor, e apertar a bombinha para que o jato de ar retire toda sujeira que esteja dentro da máquina. Sabe o melhor de tudo? FUNCIONA! Eu aproveitei e fiz na minha, até porque eu fiquei com medo de que a sujeira grudasse e não saísse com o jato de ar.
Primeira regra da fotografia: não permita que a foto fique torta (eu fiz, justamente, o contrário)!

Os únicos cuidados que você tem que tomar com esse procedimento são:

1 - Certificar-se de que a bomba está SECA - Se ela estiver com a menor gota de água, pode atingir sua câmera e água não é uma coisa que se retira com ar.
2 - Verificar se a bomba está limpa.
3 - Não deixar nada encostar no sensor - não tente colocar pincel, nem pano, nem o dedo.

Eu acho que isso é suficiente para falar até agora. Eu não sei nada de fotografia e estou precisando de tempo para ler sobre o assunto. Enquanto isso, vou compartilhando o que aprendo.

Beijos e Delta Out.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Ai tig! Eu também tenho uma maquina fotográfica semi profissional! u.u kkkk
    A minha é da GE e n sabia disso do sensor.. Ai q medo!! Eu também n sei muita coisa dela, mas da p tirar cada foto linda das dolls! >~<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A minha câmera é meu xodó e eu nunca pensei que fosse ter uma assim na vida. Preciso aprender a mexer nela. :D

      Excluir

Fique à vontade pra comentar. Não esqueça de deixar o endereço do seu blog para que eu possa retribuir a visita. (: